Garimpando na História

30 set

AJ_GordonA.   J. Gordon – entre os gigantes

 (por Gerson Lima)

Conversando com o irmão Délcio Meireles, a quem sou imensamente grato, sobre o clássico O Ministério do Espírito, ele não apenas ressaltou seu real apreço por esta obra, que conhece há muitos anos como uma das mais sérias e profundas da categoria, como também, generosamente, repartiu de seu tesouro uma pepita de ouro garimpada em sua ampla mina de livros raros.

O trecho a seguir, mencionado por G. H. Lang no livro The Local Assembly, página 43, ressalta o calibre espiritual de A. J. Gordon como um homem que não apenas conhecia bem o assunto sobre o ministério do Espírito Santo, mas também era cheio d’Ele e poderoso em obras como os obreiros apostólicos do primeiro século:

“Quando em 1832 o Senhor enviou George Muller e Henry Craik para Bristol, Ele os usou poderosamente para começar e edificar uma igreja nos moldes simples e primitivos. Eu ouvi [disse Lang] o Dr. Pierson (Arthur Tappan Pierson – 1837-1911) comentar uma vez que a Igreja (…) em Bristol era uma das duas igrejas verdadeiramente apostólicas que ele conhecia. A outra era a igreja em Boston, USA, onde A. J. Gordon servia.”.

(Extraído do clássico “O Ministério do Espírito”, de A. J. Gordon, publicado pela Editora dos Clássicos).

Ver livros de A. J. Gordon
Gerson Lima

Editor da Editora dos Clássicos.

Leia também  O Espírito Santo e a consciência

Comentários